Olá pessoal,

Quando nos olhamos no espelho ou quando tiramos uma selfie, a nossa identidade está lá! Sendo mais volumoso ou mais fino, enrolado ou liso, o cabelo é a referência da nossa personalidade.

Segundo a socióloga Rose Weitz, da Universidade do Estado do Arizona, retrata no livro Rapunzel’s Daughters (“Filhas de Rapunzel”, em tradução livre) – que o cabelo é uma das primeiras coisas que outras pessoas percebem sobre nós – e é uma das principais maneiras de declararmos nossa identidade aos outros. Tanto em nossas relações pessoais quanto nos relacionamentos com o mundo maior, o cabelo envia um sinal imediato que transmite mensagens sobre nosso gênero, idade, classe social e muito mais; um trabalho muito estimulante, retratando experiências de mulheres e meninas sobre o aspecto do cabelo.

Fatores como:

  • O stress
  • Uso de narcóticos
  • Medicamentos
  • Má alimentação

podem causar a calvície, mas a causa mais comum é a alopécia androgênica, um forte fator genético.

Alopécia Androgênica

Esse tipo de perda de cabelo começa geralmente pela parte frontal e faz o fio perder volume na parte de cima da cabeça, ficando fino e com o avanço da idade passa a demorar mais para crescer.

Em conversa com um dos nosso clientes, ele relatou sobre o hormônio dihidrotestosterona (DHT) e a dúvida era sobre quais as principais formas de tratamento, logo respondemos com algumas orientações da nossa farmacêutica e decidimos compartilhar no blog sobre esse tema que afeta tanto homens e mulheres, pois quando o organismo não está saudável, com um desequilíbrio hormonal, por exemplo, pode haver uma produção excessiva desse hormônio.

Muitas literaturas associam o DHT com alopécia androgênica, mas como ele age no organismo é ainda dúvida entre diversos especialistas. Esse hormônio está envolvido em todo o desenvolvimento das características sexuais, bem como atividades metabólicas e produção de células sanguíneas.

Acredita-se que uma sensibilidade à DHT causa o encolhimento dos folículos, reduzindo a habilidade de produzir cabelo normalmente. Porém, o quadro é complicado porque o mesmo hormônio é também responsável pelo crescimento de cabelo em outras partes do corpo, no homem por exemplo.

Vivemos numa rotina com alimentos rápidos, processados e com muita propaganda e o DHT pode estar em qualquer lugar.

Podemos levantar os principais medicamentos manipulados que são utilizados e dicas para os cuidados diários:

Alimentação:

Grãos, cereais, fibras, carne vermelha, folhas verde escura e peixe são excelentes fontes de vitaminas e proteínas para o bom desenvolvimento do organismo, principalmente do tecido capilar.

Atividades Física:

Com a prática regular de exercícios seja uma caminhada, corridas, pedalada de bicicleta é possível estimular o organismo na produção de hormônios (serotonina, por exemplo), diminuição do nível de cortisol e aumento do fluxo de sangue.

Solução de Minoxidil e Associações:

O Minoxidil já é conhecido por seu poder na alopécia capilar, e tem se mostrado eficaz também na região da barba. Desenvolvido em solução e acondicionado em frasco spray ou conta gotas que é de fácil aplicação e absorção do produto rapidamente.

O Minoxidil e as associações estimula a circulação e a chegada de mais oxigênio e nutrientes para os folículos. Por agir diretamente nos folículos, após interromper o uso, como já houve o estímulo e revitalização não irá regredir o efeito, o fio não irá cair.

Os resultados variam de pessoa para pessoa, e normalmente começam a ser percebidos a partir de 30 dias de uso.

Fio Forte ou Pill Food (complexos vitamínicos):

O Fio Forte ou o Pill Food são compostos de proteínas, minerais e vitaminas que entram na formação do cabelo, com benefícios à pele, unhas e cabelos. Além de conferir o aumento da imunidade ao organismo e maior disposição.

Reduz bastante a queda e diminui consideravelmente unhas lascadas e quebradas.

Os componentes presentes agem na formação do fio capilar, e ajuda a fortalecer os cabelos desde a raiz. Muitas pessoas usam para solucionar problemas como queda de cabelo, ou para o crescimento rápido, agindo como um estimulante.

Óleo de Coco:

Alguns especialistas comentam que o óleo de coco é capaz de inibir a 5- alfa-redutase, uma enzima que converte a testosterona em DHT, podendo gerar a queda do cabelo.

Pode ser usado tanto diretamente no cabelo promovendo a hidratação, eliminação de caspas devido a ação antifúngica. E claro, na culinária, no preparo de alimentos.

Evitar o excesso de bebidas alcoólicas, cigarro, narcóticos e ficar constantemente estressado:

Ambos produzem radicais livres que podem prejudicar o couro cabeludo devido ao potencial de desenvolver uma inflamação no tecido. Já o stress, é um vilão no aumento do nível de cortisol e afeta o sistema circulatório.

Busque orientação da nossa equipe, caso tenha alguma dúvida. Os manipulados são feitos com qualidade e personalizados de acordo com cada cliente.

Acesse a nossa loja virtual e encontre esses e outros produtos.

Até a próxima!

Analista de sistemas, maquiadora, amante de cosméticos e cuidados com a pele. Estou sempre em busca de novidades!

Priscila Betis
Priscila Betis
Analista de sistemas, maquiadora, amante de cosméticos e cuidados com a pele. Estou sempre em busca de novidades!