Você confia na farmácia de manipulação?

Trabalhando diariamente com uma rotina de total dedicação aos nossos clientes somos uma farmácia de manipulação e homeopatia, mas o que isso quer dizer? Quais os procedimentos que seguimos para garantir total qualidade e transparência em nosso trabalho?

O mercado magistral tem conseguido alcançar diversas especialidades e com uma inovação diferenciada lançando ativos nos últimos anos revolucionando o conceito de tratamento natural, estético, das articulações, dentre outras áreas. Isso porque o custo benefício dessas soluções tem ganhado mais visibilidade no mercado e a busca por informações aliado ao cuidado da saúde tem sido forte tendência para homens e mulheres.

Existem normas rigorosas, que regem a existência e manutenção da farmácia envolvendo a produção, armazenamento e comercialização de medicamentos manipulados.

Para demonstrar brevemente quais são os passos que o seu pedido (medicamento) segue, vamos compartilhar o nosso dia-a-dia que vai desde o atendimento, laboratório, estoque, administração e logística de entrega com base na norma RDC-67 e imagens de nossa equipe.

O que é uma farmácia de manipulação e homeopatia?

É um estabelecimento denominado farmácia que pratica a manipulação de fórmulas magistrais e oficinais, compreendendo desde a dispensação, atendimento e assistência farmacêutica.

A manipulação e homeopatia

São mecanismos que a nossa farmacêutica possui preparando uma dosagem única ou personalizada para cada paciente, trabalhando com insumos farmacêuticos de origem natural ou não e possuímos também a mesma substância industrializada. Alguns casos é necessário escolher a via de administração do medicamento que mais se adapta ao paciente, exemplo: cápsula, solução, gel, pomada, dentre outros.

Para melhor entendimento das normas que orientam as farmácias de manipulação vamos tratar sobre a RDC 67, de Outubro de 2007.

RDC

É uma Resolução da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que visa estabelecer os requisitos mínimos exigidos para o exercício das atividades de manipulação de preparações magistrais e oficinais das farmácias, desde suas instalações, equipamentos e recursos humanos, aquisição e controle da qualidade da matéria-prima, armazenamento, avaliação farmacêutica da prescrição, manipulação, fracionamento, conservação, transporte, dispensação das preparações, além da atenção farmacêutica aos usuários ou seus responsáveis, visando à garantia de sua qualidade, segurança, efetividade e promoção do seu uso seguro e racional.

A Sempre Viva farmácia de manipulação possui toda a documentação em dia conforme estipulado pelas Boas Práticas de Manipulação das Farmácias (BPMF), com os principais tópicos listados abaixo, segundo a RDC-67:

a) estar regularizada nos órgãos de Vigilância Sanitária competente, conforme legislação vigente;

b) atender às disposições do Regulamento Técnico – RDC 67 e dos anexos que forem aplicáveis;

c) possuir o Manual de Boas Práticas de Manipulação;

d) possuir Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE) expedida pela ANVISA, conforme legislação vigente;

e) possuir Autorização Especial, quando manipular substâncias sujeitas a controle especial.

Todo o pessoal envolvido nas atividades da farmácia deve estar incluído em um programa de treinamento, elaborado com base em um levantamento de necessidades e os registros devem dispor no mínimo das seguintes informações, segundo a RDC-67:

a) documentação sobre as atividades de capacitação realizadas;

b) data da realização e carga horária;

c) conteúdo ministrado;

d) trabalhadores treinados e suas respectivas assinaturas;

e) identificação da equipe que os treinou em cada atividade específica.

Os funcionários envolvidos na manipulação devem estar adequadamente paramentados, utilizando equipamentos de proteção individual (EPIs), para assegurar a sua proteção e a do produto contra contaminação, devendo ser feita a colocação e troca dos EPIs sempre que necessária, sendo a lavagem de responsabilidade da farmácia, segundo a RDC-67.

Armazenamento e entrega

Todos os materiais devem ser armazenados e manuseados sob condições apropriadas e de forma ordenada, de modo a preservar a identidade e integridade química, física e microbiológica, garantindo a qualidade e segurança dos mesmos.

Esses são os principais temas que regulamentam os departamentos da nossa farmácia, proporcionando a nossa missão e visão.

Missão:

Promover beleza e saúde das pessoas com entrega rápida de fórmulas inovadoras”.

Visão:

“Ser referência nacional em inovação e promoção de beleza e saúde para clientes, fornecedores e prescritores”.

Obrigado pela confiança e estamos sempre a disposição para tirar quaisquer dúvidas.

Referências

1. BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS:Tradução pelo Ministério da Saúde, autorizada pela Organização Mundial de Saúde OMS. Brasília, p. 146; 1994.

2. Brasil, Ministério da Saúde. ANVISA. RDC 67/2007. Regulamento Técnico sobre Boas Práticas de Manipulação em Farmácias, Resolução da Diretoria Colegiada – RDC nº 67, de 8 de outubro de 2007.

3. Departamento técnico da Farmácia Sempre Viva.

Graduando em administração, libriano e proseador. Sou mineiro de sangue, gosto muito de desafios novos seja no campo social, político, saúde e dia-a-dia (a boa conversa cotidiana, refletindo sobre tudo um pouco).

Lucas Bueno
Lucas Bueno
Graduando em administração, libriano e proseador. Sou mineiro de sangue, gosto muito de desafios novos seja no campo social, político, saúde e dia-a-dia (a boa conversa cotidiana, refletindo sobre tudo um pouco).