tigela transparente com colágeno e uma garrafa de água

Colágeno: entenda as diferenças entre o tipo 1 e 2

O colágeno é uma proteína produzida pelo próprio corpo, mas que, com o passar do tempo, torna-se mais escassa. Assim, é altamente recomendável fazer a devida suplementação.

Atualmente, os suplementos de colágeno podem ser encontrados em diferentes formatos, sendo os principais o colágeno 1 e o colágeno 2.

No mais, ao consumir alguns alimentos, você também incentiva a absorção de colágeno pelo organismo.

Tire suas dúvidas sobre o assunto, saiba para que serve cada tipo de colágeno e por que fazer a suplementação.

O que é o colágeno tipo 1?

O colágeno tipo 1, também chamado de colágeno hidrolisado, é o tipo mais comum, sendo também o mais bem absorvido pelo intestino.

Como ele é formado?

Ele se forma a partir da quebra de moléculas de proteína em partículas menores. Na indústria, é extraído do osso e da cartilagem de animais, principalmente boi e porco.

Benefícios do colágeno hidrolisado

Os principais benefícios do colágeno hidrolisado envolvem:

  • Ajudar no processo de cicatrização da pele;
  • Auxiliar no tratamento da osteoartrite;
  • Fortalecer as articulações;
  • Fortalecer o cabelo e as unhas;
  • Melhorar a firmeza e a elasticidade da pele.

Confira aqui: Cápsula da beleza exsynutriment

O que é o colágeno tipo 2?

O colágeno tipo 2, ou colágeno não hidrolisado, é um componente encontrado nas cartilagens do corpo.

Como ele é formado?

Trata-se de um colágeno não desnaturado e, por isso, é formado por um processo que se difere do colágeno tipo 1, apresentando propriedades distintas.

Benefícios do colágeno não hidrolisado

Os principais benefícios do colágeno tipo 2 abrangem a prevenção e o tratamento de determinadas condições, como:

  • Artrite reumatoide;
  • Doenças articulares autoimunes, como osteoartrite autoimune;
  • Inflamação de articulações;
  • Lesão em cartilagens.

Quais os alimentos ricos em colágeno?

Alguns alimentos proteicos podem incentivar o processo de produção de colágeno pelo organismo ao fornecer os aminoácidos essenciais que o corpo precisa para produzir a proteína.

Entre os alimentos ricos em aminoácidos utilizados pelo organismo na produção de colágeno, é possível citar:

  • Amêndoas;
  • Aveia;
  • Carnes brancas e vermelhas;
  • Castanhas;
  • Frutas cítricas e vermelhas;
  • Geleia de mocotó;
  • Iogurte;
  • Nozes;
  • Ovos;
  • Peixes;
  • Queijo tipo cottage;
  • Soja.

Quando começar o tratamento com colágeno?

Ainda que o colágeno seja produzido pelo organismo, essa produção sofre uma diminuição gradativa com o passar do tempo. Como consequência, é possível notar alguns sinais de envelhecimento, como fragilidade articular, aparecimento de rugas e flacidez na pele.

Em princípio, é recomendável começar a suplementação de colágeno a partir dos 25 anos de idade, uma vez que a partir dessa faixa etária o corpo começa a produzir cada vez menos a proteína.

A necessidade pode variar de acordo com especificidades de cada caso. Uma pessoa que tenha se exposto muito ao sol durante a juventude, por exemplo, ou que sofre com cabelos quebradiços, unhas fracas e, ainda por cima, não se alimenta muito bem, terá uma necessidade maior de suplementação do que uma que possui bons hábitos de vida.

Precisa suplementar o colágeno? Encontre colágeno 1 e 2 na Farmácia Sempre Viva

A Farmácia Sempre Viva (FSV) é uma farmácia de manipulação especializada na produção de suplementos, como colágeno, e leva em consideração as necessidades do organismo em cada fase da vida.

No site, você encontra diferentes tipos de suplemento de colágeno, de acordo com as especificidades de cada caso.

Navegue pelo site e confira o catálogo de colágeno da FSV. Aproveite para entrar em contato e tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Imagem padrão
Vivian Costa

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: https://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/

Artigos: 313

Deixe uma resposta