profissional auxiliando idosa em exercício físico para evitar a osteoporose

Dados apontam que osteoporose atinge cerca de 10 milhões de pessoas no Brasil

Osteoporose, doença que acomete milhões de pessoas no Brasil, pode ser prevenida com métodos que, agindo em conjunto e incorporados à rotina, podem também melhorar a qualidade de vida daqueles que sofrem com a doença

Osteoporose é uma doença que causa enfraquecimento dos ossos devido à perda da massa óssea. Até os 20 anos, o corpo ganha massa óssea e, depois dos 40, vai perdendo essa massa mais rápido, por isso a maioria das pessoas com osteoporose são de mais idade.

Devido aos hormônios, os homens sofrem menos com essa doença, pois a testosterona impede o desgaste ósseo, deixando o esqueleto quase intacto até os 40 anos. Já nas mulheres, essa perda ocorre pouco a pouco. Porém, existe a osteoporose secundária, causada, por exemplo, pelo uso de medicamentos ou em conjunto a alguns problemas renais e endócrinos.

Causas

Para entender como tratar a osteoporose, é importante saber quais são as suas causas, por isso conhecer as origens dessa doença silenciosa é importante para aqueles que podem ou têm tendência de desenvolver a doença, como pessoas com algum caso na família. 

Segundo dados da International Osteoporosis Foundation (IOF), maior ONG global dedicada à osteoporose e doenças musculoesqueléticas, mais de 10 milhões de brasileiros têm a doença, e apenas 20% têm conhecimento disso.

Fique atento, identificando algumas de suas causas, como: menopausa, com a diminuição do estrogênio há diminuição na atividade do crescimento e reparação óssea (o tecido ósseo é vivo, não é uma pedra sem vida);  pessoas acamadas ou com grandes restrições de mobilidade, por conta de uma fratura, por exemplo, pode também desenvolver a osteoporose; e alimentação pobre em nutrientes

Prevenção 

Vale ressaltar a importância de algumas mudanças de hábitos, por exemplo, incluir vitaminas e minerais na sua rotina. Desse modo, contar com uma farmácia que disponibilize diversas opções delas pode mudar drasticamente a vida daqueles que podem desencadear a osteoporose no futuro ou querem diminuir suas dores.

Algumas dessas transformações podem ser percebidas pouco tempo após a pessoa decidir mudar alguns dos seus hábitos. Com isso, aqueles que sofrem de osteoporose podem ter uma qualidade de vida e aproveitá-la da melhor forma, com saúde e sem dores. Algumas dessas mudanças são: ingestão de minerais e vitaminas, inclusive a vitamina D e vitamina K2 (que funciona como uma espécie de “GPS” para o cálcio chegar corretamente aos ossos), proteínas de qualidade como colágenos; evitar fumo e bebida alcoólica; realizar exercícios físicos; e tomar sol pelo menos 15 minutos por dia.

Osteoporose causa cerca de 200 mil mortes por ano no Brasil

Com a fragilidade da estrutura óssea causada pela osteoporose, aumentam-se os riscos de quedas e, assim, os riscos de fraturas, podendo causar até morte. Hoje, a osteoporose é a causa de mais de 200 mil mortes no Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

Muitas mortes são consequências trazidas pelo agravamento da osteoporose, que acomete geralmente os idosos, por isso eles precisam de casas modificadas de forma a evitar quedas ao realizarem tarefas do cotidiano. Barras de apoio e tapetes antiderrapantes são uma boa escolha, além de armários e prateleiras baixos, conforme a sua altura, e móveis com pontas arredondadas.

Cada mudança iniciada na rotina das pessoas conta para um futuro com qualidade de vida melhor e sem dores, além de outras doenças que serão evitadas com essa transformação de forma gradual, mas que fará a diferença na vida não só daqueles que querem se precaver mas também dos que sofrem com a osteoporose.

Imagem padrão
Vivian Costa

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: https://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/

Artigos: 313

Deixe uma resposta