uma cesta cheia de alimentos saudáveis indicados para um paciente diagnosticado com hipovitaminose

Hipovitaminose: causas, tipos e como se recuperar rápido

As vitaminas compõem os nutrientes considerados essenciais ao organismo humano. A hipovitaminose é um fenômeno causado pela carência dessas vitaminas.

uma cesta cheia de alimentos saudáveis indicados para um paciente diagnosticado com hipovitaminose

Por serem fundamentais à manutenção da nossa saúde, as vitaminas devem ser consumidas na proporção adequada, caso contrário, a hipovitaminose pode se instalar no organismo e causar uma série de problemas.

Entenda o que é hipovitaminose, como identificar a condição, sintomas e formas de tratamento com segurança.

O que é a hipovitaminose?

Basicamente, a hipovitaminose é caracterizada pela carência de uma ou mais vitaminas no corpo. Costuma ser decorrente de uma alimentação desequilibrada, como a de dietas restritas, ou de problemas de saúde que dificultam a absorção de nutrientes.

As vitaminas possuem diversas funções fundamentais no organismo, tais como manutenção da densidade óssea, renovação de tecidos e fornecimento de energia.

Infelizmente, nosso corpo não consegue produzir as vitaminas que precisa, por isso é tão importante obtê-las via alimentação ou suplementação com polivitamínicos.

A ausência de níveis adequados de vitaminas pode causar hipovitaminose, que, se não tratada, tende a afetar gravemente a saúde, causando problemas no sistema imunológico, má formação de fetos e perda óssea, por exemplo.

Como diagnosticar a hipovitaminose?

Identificar a hipovitaminose requer exames laboratoriais de sangue, para aferir os níveis de nutrientes no organismo. Para obter uma prescrição de exame, é preciso se consultar com o médico.

Outro indicativo diz respeito a sintomas e problemas de saúde específicos. Em geral, médicos clínicos gerais e endocrinologistas, assim como profissionais nutricionistas, podem auxiliar no diagnóstico. 

Principais sintomas de hipovitaminose

Os principais sintomas de hipovitaminose dependem da vitamina que está em falta no organismo. Esses nutrientes possuem funções específicas, por isso a carência deles um afeta a saúde de diferentes maneiras.

Para ajudar, a Farmácia Sempre Viva listou algumas das principais vitaminas essenciais ao organismo e os sintomas de suas carências. Confira.

Tipos de hipovitaminose e sintomas

Hipovitaminose A

A vitamina A é uma das principais para o ser humano, fundamental para a manutenção da visão.

A hipovitaminose desse nutriente, em específico, afetará principalmente os olhos, podendo causar alterações e até cegueira noturna (dificuldade de enxergar em ambientes com pouca luz). Esse é um dos sintomas mais graves.

Hipovitaminose D

Por ser absorvida pela luz solar, a vitamina D costuma representar um problema recorrente de hipovitaminose na maioria das pessoas que não se expõem ao sol.

Algumas formas alternativas de consumir o nutriente é pela ingestão de peixes ricos em gordura, ovos, cogumelos e suplementos.

mulher tomando sol

A vitamina D é fundamental à saúde dos ossos, realizando a manutenção dos níveis de cálcio e da estrutura óssea.

O principal efeito colateral da hipovitaminose nesse caso são problemas relacionados aos ossos, como perda de massa óssea.

Hipovitaminose E

A vitamina E é um nutriente fundamental para a saúde do sangue, do cérebro, da pele, da visão e do sistema reprodutivo.

Por ser rica em antioxidantes, a também ajuda a proteger as células contra os efeitos colaterais dos radicais livres (substâncias causadoras do envelhecimento precoce), de doenças cardíacas, câncer e outras patologias.

Nesse sentido, a deficiência de vitamina E pode propiciar sintomas como danos aos nervos e músculos, perda de sensibilidade em braços e pernas e do controle dos movimentos do corpo, problemas de visão, fraqueza muscular, enfraquecimento do sistema imunológico, dentre outros.

Hipovitaminose K

A principal atuação da vitamina K é no processo de coagulação do sangue, que influencia diretamente a formação dos ossos (no feto), a manutenção da elasticidade dos tecidos pulmonares e consequentemente a capacidade respiratória.

Nos bebês, a hipovitaminose pode causar problemas relacionados ao transporte de nutrientes inadequado. Nos adultos, distúrbios intestinais, doença celíaca e fibrose cística são os sintomas mais comuns.

Como tratar a hipovitaminose

Tendo em vista a importância das vitaminas para o organismo, a hipovitaminose precisa ser tratada com urgência, porém de forma confiável e adequada.

A deficiência de vitaminas pode ser tratada pela reeducação alimentar, o que deve ser feito com acompanhamento de um profissional.

Em contrapartida, há multivitamínicos disponíveis no mercado que fornecem a quantidade adequada de vitaminas ao organismo, e você pode consumir com a tranquilidade de saber que não está adquirindo menos ou mais vitaminas.

Vitaminas em cápsulas contra a hipovitaminose

A Farmácia Sempre Viva sabe a importância das vitaminas citadas neste conteúdo. Por isso, desenvolveu um multivitamínico com Vitaminas K, A, D e E, o quarteto magnífico dos nutrientes lipossolúveis.

As vitaminas em cápsula da Farmácia Sempre Viva são indicadas para a suplementação dos nutrientes:

  • Vitamina K2: ajuda a levar o cálcio para seus ossos.
  • Vitamina A: fundamental à saúde da reprodução, dos olhos e da imunidade;
  • Vitamina D: ajuda na manutenção dos ossos e do sistema imunológico, além de regular os níveis de insulina;
  • Vitamina E: protege o corpo dos radicais livres e é muito importante para a saúde do sangue, da pele e do cérebro.  

Encontre o multivitamínico da Farmácia Sempre Viva no site e aproveite para conhecer outros suplementos para a manutenção da saúde do organismo.

Vivian Costa
Vivian Costa

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: http://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/

Artigos: 408

Deixe uma resposta