Homem de azul, segurando uma fita azul, conscientizando sobre o novembro azul e o câncer de próstata

Novembro Azul e a importância do cuidado masculino

Novembro é um mês marcante para a saúde masculina, em razão do movimento Novembro Azul. Mas você sabe a importância dessa campanha? Em uma era em que o cuidado masculino ainda enfrenta barreiras culturais, os homens precisam reconhecer o cuidado com a saúde, especialmente no que diz respeito à próstata. Ao final deste artigo, você compreenderá o porquê. E lembre-se: a saúde não tem gênero, e prezá-la é um ato de amor-próprio.

O que é Novembro Azul?

O Novembro Azul é uma campanha mundial dedicada à prevenção e ao diagnóstico precoce do câncer de próstata. Lançado na Austrália, em 2003, o movimento ganhou força, e hoje é reconhecido em muitos países, inclusive no Brasil.

Importância do Novembro Azul

A campanha visa quebrar tabus e alertar que os homens não estão imunes a problemas de saúde, reforçando a relevância de exames regulares, uma vez que o diagnóstico precoce aumenta significativamente as chances de cura da doença.

Câncer de próstata

Uma das formas mais comuns de câncer em homens, originada na próstata, uma glândula presente no sistema reprodutor masculino. Se não for detectado e tratado a tempo, pode se espalhar para outras partes do corpo.

Fatores de risco

Diversos fatores de risco estão associados ao câncer de próstata, assim como muitos outros tipos de câncer. Entender esses fatores é essencial para avaliar a probabilidade de desenvolver a doença e para adotar medidas preventivas. Aqui estão os fatores de risco mais notáveis:

  • Idade: esse é o fator de risco mais significativo. Embora se manifeste em homens mais jovens, o câncer de próstata é mais comum em indivíduos com mais de 50 anos. A incidência e a mortalidade aumentam com a idade;
  • Histórico familiar: o risco de desenvolver câncer de próstata aumenta em homens cujo pai, irmão ou outros familiares do sexo masculino foram diagnosticados com a doença;
  • Dieta e estilo de vida: dietas ricas em gorduras saturadas, carnes vermelhas e laticínios aumentam a incidência. Por outro lado, dietas ricas em frutas, vegetais e peixes causam efeito protetor;
  • Obesidade: estudos indicam que, em homens obesos, a probabilidade de desenvolver uma forma mais agressiva de câncer de próstata é elevada.

É importante frisar que a existência de um ou mais desses fatores de risco não significa que um homem desenvolverá câncer de próstata, mas aumenta a probabilidade. O conhecimento desses fatores possibilita o monitoramento e a tomada de decisões informadas sobre exames e prevenção. 

A prevenção e o rastreio são fundamentais, e, ao identificar os fatores de risco, há mais possibilidade de trabalhar proativamente com profissionais de saúde no intuito de minimizar as chances de desenvolver a doença.

Atenção aos sinais e sintomas

O câncer de próstata pode ser silencioso nas fases iniciais e, muitas vezes, nem apresenta sintomas evidentes até que esteja mais avançado. No entanto, reconhecer os sinais e sintomas contribui para um diagnóstico precoce, e o prognóstico e a qualidade de vida do paciente são otimizados. Aqui estão os sintomas mais comuns, associados ao câncer de próstata:

  • Dificuldade de urinar: um dos sintomas mais comuns, em que os homens sentem hesitação na urina ao fluir ou que precisam se esforçar para ao urinar. O fluxo também pode ser fraco ou interrompido;
  • Frequência urinária: sentir a necessidade de urinar frequentemente, especialmente à noite, é um sinal de alerta;
  • Presença de sangue: sangue na urina (hematúria) ou no sêmen é um indicativo da doença;
  • Dor ao urinar ou ejacular: qualquer tipo de dor ou desconforto nesses processos é motivo de preocupação;
  • Ereções dolorosas ou dificuldade em manter a ereção: alterações na função erétil podem estar relacionadas ao câncer de próstata;
  • Dor nas costas, quadril ou pélvis: dor persistente nessas áreas talvez indique que o câncer se espalhou para os ossos;
  • Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés: em casos mais avançados, se o câncer pressionar a medula espinhal, causa fraqueza ou mesmo paralisia nas extremidades inferiores;
  • Perda de controle da bexiga ou do intestino: se o câncer pressionar contra a medula espinhal;
  • Perda de peso inexplicada: embora seja um sintoma de muitas outras condições, a perda de peso inexplicada sempre deve ser investigada.

Muitos desses sintomas também são associados a condições benignas da próstata, como a hiperplasia prostática benigna (HPB) ou infecções. No entanto, se você, ou alguém que conhece, apresenta algum desses indicativos, recomenda-se consultar um médico, preferencialmente um urologista, para uma avaliação completa, que determinará a causa exata dos sintomas e recomendará um tratamento adequado.

A detecção precoce do câncer de próstata, antes mesmo da manifestação dos sintomas, por exames de rastreio, pode ser a chave para um tratamento bem-sucedido e uma recuperação total. Portanto, a conscientização e o rastreio regular são essenciais, principalmente para homens em grupos de risco elevado.

Benefícios de se detectar o câncer de próstata precocemente

Na detecção precoce do câncer de próstata, além de os tratamentos serem menos invasivos e melhores prognósticos, as chances de cura aumentam e o risco de complicações sérias são reduzidos.

Diagnóstico

O diagnóstico é geralmente feito através do exame de Antígeno Prostático Específico (PSA) e do exame retal. Ambos são simples e salvam vidas.

O compromisso da Farmácia Sempre Viva

A Farmácia Sempre Viva está com o Novembro Azul. Entendemos a importância da prevenção e do tratamento eficaz. Ao cuidar da sua próstata, você cuida da sua vida. Não deixe para amanhã os cuidados que você pode adotar hoje. Procure a Farmácia Sempre Viva e conheça nossos fitoterápicos para cuidados com a próstata e com a saúde em geral!

Vivian Costa
Vivian Costa

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: http://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/

Artigos: 408

Deixe uma resposta