Imagem de pessoa com a mão no joelho com osteoartrite

O que é osteoartrite? Principais causas e tratamentos

À medida que envelhecemos, nosso corpo passa por inúmeras mudanças, e algumas são mais desafiadoras do que outras. A osteoartrite é uma dessas condições que se manifestam com a idade e causa uma série de sintomas dolorosos.

Mas o que é osteoartrite? Leia o artigo, saiba mais sobre essa condição comum e entenda as causas, os sintomas e tratamentos disponíveis. Não deixe de conferir, ao final, algumas opções naturais para lidar com essa condição!

O que é osteoartrite?

A osteoartrite é uma das doenças articulares mais prevalentes no mundo e é frequentemente confundida com outros problemas semelhantes, como artrite e artrose. No entanto, essas condições diferem quanto às particularidades, causas e aos sintomas.

A osteoartrite, também conhecida como artrite degenerativa, é uma condição que envolve a degradação progressiva da cartilagem que reveste as extremidades ósseas nas articulações. Essa cartilagem atua como um amortecedor e promove a movimentação das articulações de maneira suave e sem atrito. 

À medida que a cartilagem se deteriora, desencadeia dor e inchaço, limitando a mobilidade e, em casos avançados, causando deformidades articulares. Ocorre quando o desgaste supera a capacidade de reparo pelo organismo.

Por outro lado, a artrite se refere a um termo geral, que significa inflamação das articulações. Existem mais de 100 tipos diferentes de artrite, entre eles, a osteoartrite. A artrite reumatoide, por exemplo, é uma doença autoimune que ataca as articulações, causando inflamação, dor e eventual destruição articular.

Já a artrose é, na verdade, outro nome para a osteoartrite. Popularmente, o termo artrose é usado para se referir a qualquer doença degenerativa da articulação. No entanto, é importante destacar que, enquanto a osteoartrite associa-se especificamente à deterioração da cartilagem e aos problemas causados, artrite é uma denominação mais ampla, que engloba diversas doenças articulares, incluindo a osteoartrite.

Compreender as diferenças entre essas condições é fundamental para um diagnóstico exato e, consequentemente, a um tratamento adequado. Por isso, é recomendado consultar um especialista ao sentir dores ou outros sintomas nas articulações.

Quais são as causas?

Vários fatores contribuem para o desenvolvimento da osteoartrite:

  • Envelhecimento: com a idade, a capacidade de nosso corpo de reparar a cartilagem danificada diminui;
  • Genética: algumas pessoas herdam a tendência de desenvolver osteoartrite;
  • Lesões articulares: lesões anteriores, como as sofridas por atletas ou devido a acidentes, podem aumentam o risco de desenvolver osteoartrite;
  • Obesidade: o risco de osteoartrite é maior nas articulações de carga, como joelhos, quadris e coluna;
  • Outras doenças: doenças que causam deformidades articulares, como artrite reumatoide, provocam osteoartrite.

Quais são os sintomas?

Os sintomas da osteoartrite variam, mas os mais comuns incluem:

  • Dor nas articulações após atividade ou repouso prolongado;
  • Rigidez, especialmente após acordar;
  • Inchaço ou sensação de calor nas articulações;
  • Redução da capacidade de movimento;
  • Sons de crepitação ao mover a articulação.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico da osteoartrite combina exames físicos, histórico médico e exames de imagem, como raios-x ou ressonância magnética. Um médico é quem identifica sinais de desgaste, inchaço e limitações de movimento. Amostras de líquido sinovial também são analisadas para descartar outras doenças articulares.

Como é o tratamento para osteoartrite?

O tratamento para a osteoartrite visa aliviar a dor, melhorar a função articular e, idealmente, retardar a progressão da doença. Uma vez que não há cura definitiva, o foco se volta para a gestão de sintomas e a melhoria da qualidade de vida do paciente. 

O tratamento combina abordagens medicamentosas e não medicamentosas:

  • Medicamentos anti-inflamatórios não esteroideais (AINEs): prescritos para aliviar a dor causada pela osteoartrite, contêm propriedades anti-inflamatórias que reduzem o inchaço nas articulações, como o ibuprofeno e naproxeno;
  • Paracetamol: eficaz para a dor, mas não agrega o benefício anti-inflamatório dos AINEs;
  • Medicamentos tópicos: cremes, géis e adesivos que contêm ingredientes analgésicos ou anti-inflamatórios e são aplicados diretamente sobre a articulação afetada;
  • Injeções: em alguns casos, os médicos recomendam injeções de corticosteroides ou ácido hialurônico diretamente na articulação. Essas injeções aliviam a dor e o inchaço.
  • Terapias físicas: com a fisioterapia, um fisioterapeuta ajuda a fortalecer os músculos em torno da articulação afetada, aliviando parte da pressão sobre essa articulação, melhorando a amplitude de movimento. Já a terapia ocupacional consiste em aprender novas formas de executar tarefas diárias de modo que sejam menos estressantes para a articulação afetada;
  • Perda de peso: se a osteoartrite afeta as articulações de carga, como os joelhos ou quadris, perder peso alivia a pressão sobre essas articulações, reduzindo a dor;
  • Dispositivos de assistência: andadores, bengalas, e órteses ajudam a aliviar o estresse nas articulações e melhoram a estabilidade e a mobilidade;
  • Suplementação natural: ingredientes naturais demonstram benefícios no tratamento da osteoartrite. O colágeno do tipo II é uma proteína presente nas cartilagens, cuja suplementação auxilia na recuperação das articulações, e contém ação anti-inflamatória. A Boswellia Serrata, uma planta com propriedades medicinais, é conhecida por atuar como anti-inflamatório e analgésico natural, aliviando dores e inchaços;

Confira: Óleo de Sucupira

  • Cirurgia: em casos graves, quando outros tratamentos não são eficazes, a cirurgia pode ser considerada. As opções incluem artroscopia (onde as áreas danificadas da articulação são removidas ou reparadas), osteotomia (realinhamento do osso) ou artroplastia total, ou parcial (substituição da articulação);
  • Tratamentos complementares: acupuntura, massagem e outras formas de terapia alternativa são úteis para algumas pessoas.

Lembrando que o tratamento ideal varia de pessoa para pessoa, e o que funciona para um paciente talvez não seja eficaz para outro. É essencial trabalhar em colaboração com os médicos e outros profissionais de saúde para criar um plano de tratamento personalizado. 

A abordagem multidisciplinar propicia os melhores resultados, combinando medicamentos, terapias físicas, suplementação natural e modificações no estilo de vida.

A osteoartrite é uma condição que afeta muitos, à medida que envelhecem, mas, felizmente, existem opções naturais, contribuem para o alívio dos sintomas. Na Farmácia Sempre Viva, há mais de dez opções de medicamentos naturais voltados para a osteoartrite, cuidadosamente formulados para proporcionar alívio natural e promover a saúde articular. 

Agora que você sabe o que é osteoartrite, confira, no site da Farmácia Sempre Viva, todas as opções e descubra a mais adequada para você!

Vivian Costa
Vivian Costa

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: http://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/

Artigos: 413

Deixe uma resposta