Imagem de mulher com a mão na barriga e ilustração da saúde intestinal

Saúde intestinal: importância e como cuidar

Nosso corpo é uma máquina incrivelmente complexa, e uma das suas áreas mais importantes é o intestino. A saúde intestinal não se refere apenas à digestão, mas ao bem-estar geral e à forma como o corpo absorve nutrientes, lida com toxinas e mantém o equilíbrio interno. 

Quer saber mais sobre a saúde do intestino e como melhorá-la? Continue lendo e saiba como otimizar sua saúde digestiva.

O que é a saúde intestinal

A saúde intestinal refere-se ao funcionamento adequado do intestino, pela digestão correta dos alimentos, absorção de nutrientes e eliminação de resíduos. O bom funcionamento do intestino envolve trato gastrointestinal saudável, ausência de doenças inflamatórias intestinais e um equilíbrio adequado da microbiota intestinal.

Relação entre microbiota e saúde intestinal

A microbiota intestinal, também conhecida como flora intestinal, é composta de trilhões de micro-organismos que residem no trato gastrointestinal e desempenham uma função crucial na digestão, produção de vitaminas e proteção contra patógenos. 

Um desequilíbrio na microbiota causa várias complicações, como síndrome do intestino irritável, inflamações e até depressão. Por isso, manter um equilíbrio saudável é essencial para uma saúde intestinal adequada.

Importância da saúde intestinal

A saúde intestinal não apenas se refere ao bom funcionamento do trato digestivo, mas exerce um papel importante na manutenção da saúde geral do corpo e na prevenção de diversas doenças. O intestino é frequentemente chamado de “segundo cérebro” em razão da complexidade e vasta rede de neurônios presentes. Detalhamos a importância de um intestino saudável.

Digestão e absorção

O intestino é responsável pela digestão dos alimentos e absorção de nutrientes essenciais, como vitaminas, minerais, carboidratos, proteínas e gorduras, fundamentais para o funcionamento ótimo de todas as células do corpo. Portanto, uma função intestinal inadequada causa má absorção de nutrientes e resulta em deficiências nutricionais, fadiga, anemia, entre outros problemas.

Barreira protetora

A parede intestinal atua como uma barreira, protegendo o interior do corpo contra possíveis patógenos ou substâncias tóxicas presentes nos alimentos. Logo, se o intestino for comprometido, permitirá a passagem de bactérias, vírus ou toxinas, causando infecções ou respostas imunológicas indesejadas.

Imunidade

A maioria das células do sistema imunológico está localizada ao redor do intestino. Como essas células estão em constante comunicação com os micro-organismos da flora intestinal, se houver um desequilíbrio na microbiota, o sistema imunológico será comprometido, e o corpo ficará mais suscetível a infecções e algumas doenças autoimunes.

Produção de neurotransmissores

Estudos mostraram uma conexão entre a saúde intestinal e condições como depressão, ansiedade e outros distúrbios neurológicos, já que o intestino produz e libera neurotransmissores, como a serotonina, que influenciam o humor, o sono e outras funções cerebrais.

Desintoxicação

O intestino é vital na eliminação de resíduos e toxinas do corpo, de modo que, se não funcionar corretamente, provoca o acúmulo de toxinas no corpo e problemas de pele, fadiga e outras condições adversas.

Produção de vitaminas

A flora intestinal é responsável pela produção de certas vitaminas, como a K e do complexo B. Sendo assim, uma flora intestinal desequilibrada causa as deficiências dessas vitaminas, afetando a coagulação sanguínea, a saúde da pele, a energia e o metabolismo.

Regulação do peso

Desequilíbrios na flora intestinal podem estar associados ao ganho de peso, à resistência à insulina e a outras complicações metabólicas, pois a saúde do intestino influencia a forma como o corpo armazena gordura, regula o açúcar no sangue e responde aos hormônios que afetam o apetite.

Como percebemos, a saúde intestinal está intrinsecamente ligada à saúde geral do corpo. Um intestino saudável proporciona uma digestão eficiente e atua na imunidade, saúde mental, desintoxicação e regulação do peso. Por isso, cuidar do intestino é investir na saúde.

Como melhorar a saúde do intestino

Para manter ou restaurar uma boa saúde intestinal, é preciso adotar hábitos que promovam o equilíbrio do trato digestivo e, consequentemente, beneficiem o organismo. Vamos explorar algumas práticas e sugestões detalhadas para otimizar sua saúde intestinal.

Praticar atividade física

Benefícios: o exercício regular melhora a circulação sanguínea, fortalece a parede intestinal e também promove o movimento peristáltico, facilitando a passagem do bolo alimentar e evitando a constipação.

Dicas: incorpore caminhadas diárias, yoga ou pilates à sua rotina. Além de beneficiar o intestino, ajudam na redução do estresse, que pode ser um gatilho para problemas intestinais.

Alimentar-se de forma saudável

Benefícios: uma dieta equilibrada, rica em fibras provenientes de frutas, vegetais e grãos integrais, apoia a saúde intestinal, fornecendo nutrientes essenciais e promovendo evacuações regulares.

Dicas: evite o consumo excessivo de alimentos processados e ricos em açúcares. Introduza alimentos fermentados, como iogurte, abundantes em probióticos.

Beber água

Benefícios: a água é essencial para a digestão, pois dilui e facilita a passagem dos resíduos pelo intestino, prevenindo a constipação.

Dicas: mantenha uma garrafa de água por perto e estabeleça lembretes para beber regularmente ao longo do dia.

Não inibir o reflexo da evacuação

Benefícios: atender prontamente à vontade de evacuar previne o acúmulo de fezes no cólon, o que causa desconforto e constipação.

Dicas: mesmo em ambientes desconhecidos, procure um banheiro assim que sentir a necessidade. Ignorar repetidamente essa vontade desencadeia problemas de saúde a longo prazo.

Evite o uso excessivo de antibióticos

Benefícios: o uso indiscriminado de antibióticos mata as bactérias benéficas no intestino, levando a um desequilíbrio na flora intestinal.

Dicas: use antibióticos apenas quando prescritos e necessários. Se precisar tomá-los, considere a suplementação com probióticos sob a orientação de um médico.

Reduza o estresse

Benefícios: o estresse pode afetar adversamente o intestino, causando problemas como síndrome do intestino irritável.

Dicas: pratique técnicas de relaxamento, como meditação, respiração profunda e atenção plena (mindfulness) para gerenciar o estresse.

Usar suplementos

Benefícios: probióticos repõem as bactérias benéficas no intestino; prebióticos alimentam essas bactérias e enzimas digestivas facilitam a quebra de alimentos para melhor absorção.

Dicas: antes de iniciar qualquer suplemento, consulte um profissional de saúde para orientações específicas sobre o tipo e a dosagem adequados.

Uma saúde intestinal equilibrada é fundamental para uma vida com qualidade. A Farmácia Sempre Viva compreende essa necessidade e, por isso, oferece uma variedade de suplementos que promovem a saúde intestinal. 

Conheça nossa linha de suplementos, que aprimoram a saúde intestinal, e sinta a diferença de um intestino saudável!

Confira também: Diamina oxidase

Vivian Costa
Vivian Costa

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: http://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/

Artigos: 408

Deixe uma resposta