Água no joelho: o que causa o inchaço e como tratar

O inchaço nos joelhos muitas vezes, caracteriza-se pela deposição de líquido nessa articulação, a popular água no joelho, comprometendo a mobilidade. Saiba o que causa esse inchaço e os melhores tratamentos para água no joelho.

O inchaço, em uma articulação como o joelho, pode limitar a flexibilidade e sua função. A pessoa que foi afetada com a água no joelho pode achar mais difícil dobrar ou endireitar completamente o joelho que esteja inchado. Dependendo da situação, o joelho pode somente apresentar inchaço (água) ou, em situações mais graves, a pessoa poderá sentir dor.

Água no joelho, caracterizado por inchaço da articulação e da área circundante. Crédito da foto: Dr. Scott Hacker

O que é água no joelho?

O joelho é envolvido por um tecido chamado sinóvia ou membrana sinovial. Quando ocorre inflamação ou sangramento nessa membrana, ou em outra estrutura do joelho, pode ocorrer o derrame articular, popularmente conhecido como “água no joelho”.

O que causa água no joelho?

A água no joelho pode resultar de uma lesão, do uso excessivo crônico, pela prática de esportes ou como consequência de uma doença.

Todos nós temos uma pequena quantidade de líquido que envolve nossas articulações: é o líquido sinovial, cuja função principal é lubrificar as “juntas”, para facilitar os movimentos e suavizar os impactos.

Quando há alguma lesão articular (nós veremos as situações mais frequentes a seguir), nosso corpo entende que há um risco eminente de atritar os ossos e lesionar ainda mais a região. Desse modo, para proteger as juntas, ele produz maior quantidade de líquido sinovial – causando a água no joelho ou inchaço no joelho.

Se você está com água no joelho, deve identificar a causa provável e tratar os sintomas para ajudar a reduzir os problemas futuros.

Esteja ciente de que o inchaço crônico ou por tempo prolongado pode causar danos nos tecidos articulares, degradação da cartilagem e enfraquecimento ósseo; portanto, trate-o, para evitar problemas futuros.

Como saber se tenho água no joelho?

O aumento do líquido sinovial no joelho pode ser causado por inflamações, resultando na sensação de que o joelho está “cheio de água”. Isso pode provocar dor, fraqueza nos músculos da coxa e da perna, além de dificuldade para caminhar e esticar a perna.

Demais sintomas para você ficar atento:

  • Aumento da temperatura local e vermelhidão na articulação;
  • Inchaço ou alteração de volume aparente no joelho;
  • O joelho não estica totalmente ou não dobra normalmente;
  • Perda da mobilidade, que pode ser maior ou menor, conforme o grau de inchaço;
  • Sensação de que o joelho não conseguirá aguentar o peso do corpo.

O diagnóstico da sinovite pode ser realizado pelo médico ortopedista, por meio de um exame físico. Em alguns casos, radiografia, ultrassonografia e ressonância magnética são solicitados para confirmar o diagnóstico ou descartar outras possíveis patologias.

Causas comuns de água no joelho e como tratar

Há algumas causas mais comuns ao desenvolvimento de água no joelho, ou sinovite, e cada uma demanda um tratamento específico. Confira.

1. Lesão no joelho

Um trauma nos ossos, ligamentos, tendões, menisco ou cartilagem articular do joelho pode causar dor e inchaço. Lesões graves podem resultar em derramamento de sangue (hemartrose) na articulação do joelho, provocando inchaço, febre no local, hematomas e rigidez, com perda da mobilidade. A condição de derramamento de sangue é chamada de “hemartrose”.

Aqui, neste tópico, ainda incluímos lesões mais simples também, por exemplo, aquela que nossos joelhos incham, devido à corridinha de final de semana no futebol, em que a articulação solta micropedaços de cartilagem; como resposta, nosso corpo injeta mais líquido sinovial para tentar proteger a articulação do atrito e impacto.

Tratamento para lesão no joelho

A hemartrose requer cuidados médicos urgentes; portanto, recorra imediatamente para o pronto socorro. Um paciente também deve procurar atendimento médico se a dor no joelho for intensa, se a perna afetada não suportar peso ou se suspeitar que um osso esteja quebrado.

Normalmente, o médico irá prescrever injeções de corticosteroides,  anti-inflamatórios não esteroides ou antibióticos para reduzir a inflamação ou tratar uma infecção.

A suplementação pode ser uma aliada nesse momento e acelerar o processo de recuperação. Desde do início você deve suplementar com:

E anti-inflamatórios naturais como:

Saiba mais também sobre a Sucupira – anti-inflamatório natural

Após o período de crise, o médico ainda pode prescrever sessões de fisioterapia para que o paciente volte sua movimentação aos poucos e retome os movimentos.

2. Osteoartrite no joelho

Entre os ossos das articulações, existe uma cartilagem que evita o atrito, permitindo a mobilidade e o amortecimento de impactos.

A osteoartrite, também chamada de artrose, é uma degeneração da cartilagem da articulação do joelho, que pode resultar em superprodução de líquido sinovial (deposição de líquidos nos joelhos), causando inchaço no joelho.

O joelho com água devido à osteoartrite é acompanhada geralmente  pela dor intensa.

Geralmente, afeta pessoas a partir dos 40 anos, e há uma progressão com o decorrer do tempo.

Tratamento para osteoartrite no joelho

É importante pensar em estratégias para desaceleração do processo de degeneração do colágeno presente nas cartilagens das articulações. O tratamento natural mais avançado para isso é a suplementação contínua com o colágeno especial UC-II, cujo foco de atuação é justamente desacelerar o processo de perda das cartilagens e recompor do tecido articular.

Muitas vezes, a região já está em processo de inflamação; então, é importante que, além de colágeno, o paciente recorra a anti-inflamatórios que não causem efeitos colaterais.

Existem anti-inflamatórios químicos que são muito eficazes, desinflamando o corpo rapidamente e tratando a dor. No entanto, causam inúmeros efeitos colaterais como lesão renal, falência hepática ou sangramento gastrointestinal.

Dessa forma, alie o UC-II com o Move (extrato padronizado de Boswellia Serrata) e invista também na Curcuma Longa, usada milenarmente na tradicional medicina indiana e comprovadamente um anti-inflamatório bastante eficiente e sem efeitos colaterais.

3. Artrite Reumatóide

Uma doença autoimune, que afeta o delicado revestimento das articulações, a artrite reumatoide pode causar inchaço no joelho, rigidez, dor, sensibilidade e vermelhidão. Os sintomas geralmente ocorrem nos dois lados do corpo; portanto, se o joelho direito for afetado, é provável que o joelho esquerdo também seja afetado.

Embora os joelhos possam apresentar sintomas, as mãos, pulsos e pés são mais frequentemente afetados pela artrite reumatoide.

Tratamento para artrite reumatóide

Assim como no caso da artrose, é preciso barrar a perda constante do colágeno das articulações.

As estratégias se mantêm: aliar o colágeno especial UC-II com o Move para promover melhor desinflamação nas regiões e recompor o tecido articular, com o extrato de Curcuma Longa, padronizada e altamente biodisponível (alta capacidade de ser absorvida pelo corpo).

4. Gota: acúmulo de ácido úrico

A gota se caracteriza pelo acúmulo dolorosos cristais microscópicos de ácido úrico nas articulações. Quando o organismo não consegue eliminar a quantidade de toxinas produzidas, há deposição desses cristais de ácidos úrico nas articulações, o que gera dores insuportáveis.

A maioria dos casos de gota afeta os pés, mais precisamente, o dedão, mas também há casos em que afeta os joelhos, punhos e dedos das mãos.

Tratamento para gota

Você precisa limpar seu corpo! Esteja consciente de que se sua alimentação não está adequada, provavelmente está usando muita bebida alcoólica, refrigerantes, ingerindo muita carne. Assim, a obesidade, hipertensão e diabetes também são fatores de risco.

Modifique sua dieta, busque se alimentar de forma mais natural, com mais verduras (folhas verdes como agrião, rúcula e acelga), legumes e frutas ricas em vitamina C (limão, kiwis, laranja – mas atenção: é a fruta in natura, e não o suco) e dê adeus por um tempo a sua cervejinha.

Uma dica que funciona bem é incluir o vinagre de maçã a sua rotina. Adicione uma colher de chá de vinagre de maçã não pasteurizado (vinagre bom é aquele que é meio turvado) a um copo de água e beba tudo, duas vezes ao dia (30 minutos antes do almoço e 30 minutos antes do jantar).

Como um desintoxicante natural, o vinagre de maçã pode ajudar a remover resíduos de ácido úrico do corpo. Ele contém ácido málico, que ajuda a quebrar e eliminar o ácido. O vinagre de maçã também ajuda a restaurar o equilíbrio do corpo e proporciona benefícios anti-inflamatórios e antioxidantes.

O Terminuric é uma alternativa natural, extrato padronizado de uma planta chamada Terminalia bellerica, rico em tanino, que inibe a xantina oxidase, uma enzima envolvida na síntese (produção) de ácido úrico, que ajuda no processo de diminuição dos níveis desse composto no corpo.

Dicas e prevenção natural contra água no joelho

Algumas dicas importantes para promover a prevenção da água no joelho são:

  • Alongar os músculos das pernas com frequência e, mais especificamente, antes de atividades que requerem esforço físico;
  • Controlar o peso corporal, para que o joelho não fique sobrecarregado;
  • Evitar a realização de exercícios físicos de impacto, como corrida.

A prevenção do derrame articular está diretamente relacionada à causa da doença. Além disso, o fortalecimento dos músculos e tendões periarticulares pode reduzir o risco de lesões. 

No mais, controlar o peso corporal também pode diminuir a chance de desenvolver artrose nos joelhos e, consequentemente, reduzir a probabilidade de desenvolver derrame articular.

A sinovite requer tratamento assim como qualquer outra patologia ortopédica. Caso você apresente qualquer sinal ou sintoma, é importante procurar ajuda médica para confirmar o diagnóstico e receber o tratamento mais adequado.

Quando entrar em contato com um médico

Se a causa do joelho inchado for incerta, o médico pode querer extrair líquido da articulação, um processo chamado artrocentese (aspiração do líquido articular), ou solicitar estudos de imagem, como raios-X ou ressonância magnética.

Saiba mais: Combo tratamento osteoporose | Pycnogenol | Composto anti-inflamatório Sucupira

Vivian Costa
Vivian Costa

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: http://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/

Artigos: 408

Deixe uma resposta