Dores nas articulações – joelho, ombro, punho ou calcanhar? Trate a inflamação!

Você está com dor em alguma articulação específica? Joelhos, ombros, punhos ou calcanhares?

O que é inflamação?
Por que as pessoas tomam suplementos anti-inflamatórios?
Quais são os tipos de anti-inflamatórios?

Saiba que isso tem tudo a ver com o processo de desgaste das cartilagens (colágeno) que envolvem suas articulações e com isso aumenta o potencial atrito do osso com osso, gerando a tão falada inflamação.

“Inflamação” é um termo usado para se referir como o sistema imunológico de nosso corpo trabalha, geralmente é relacionada à parte infeliz da história. Já o termo “imunidade” tende a se referir ao mocinho da história – às partes benéficas das ações do sistema imunológico.

Inflamação não se refere a um único processo, mas sim um conjunto de processos no corpo. Este conjunto de processo pode tanto defender quanto danificar seu organismo, e geralmente está relacionado à dor, como forma de um alerta, ou seja, seu corpo te dizendo: “Ei, tome mais cuidado comigo! A situação não está tão legal assim!”

Importante ressaltar que passar por processos inflamatórios, não quer dizer necessariamente que tudo está perdido. Um exemplo de inflamação “boa” é o crescimento muscular em um processo de treinos em musculação, na qual há micro rompimento das fibras musculares e assim promoção de seu crescimento. A inflamação é algo natural, uma resposta de nosso corpo. Enfrentar os processos inflamatórios é válido quando ela está saindo do controle, gerando muita dor e desgastes de tecidos.

O que é inflamação?

A inflamação é basicamente o resultado dos processos que seu corpo usa para se defender. Isso se refere tanto aos processos primários quanto aos efeitos secundários mais práticos.

Tem um corpo estranho flutuando em seu organismo? “Taca-le pau” em glóbulos brancos para detectá-lo, caçá-lo e eliminá-lo com máxima repressão. Isto é o processo inflamatório!

A vermelhidão, inchaço e incapacidade de mover a articulação na área geral isso ocorreu fazendo com que você perca um treino? Também é a inflamação.

Na maioria das condições normais, nossos corpos estão bem adaptados para serem capazes de manejar e reparar a inflamação. É um processo trivial de nosso organismo.

Mas em outras vezes, a inflamação fica fora de controle e ataca demais nosso tecido saudável ou o ataca em momentos desnecessários. Isso leva a níveis desnecessários de dano tecidual e celular.

Quando você está em um desses estados de excesso de inflamação – os suplementos anti-inflamatórios se tornam bastante valiosos.

Por que as pessoas tomam suplementos anti-inflamatórios?

Em geral as pessoas buscam os anti-inflamatórios para se livrarem das dores.

Nosso artigo está focado nas inflamações e dores nas articulações. Dessa fora, tanto o aumento da dor, quanto a redução da mobilidade, que são observadas na osteoartrite (artrite e artrose) e lesões gerais de desgaste decorrentes do processo inflamatório – precisam ser tratadas e o nosso corpo sozinho não tem capacidade executar e parar o processo inflamatório.

Ainda as dores articulares usualmente afetam três tipos de pessoas:

  • Idosos que já desencadearam a perda contínua e gradual das cartilagens das articulações – a osteartrite (artrite e artrose);
  • Obesos, que devido ao excesso de carga sobre as articulações (sobretudo joelhos), já desencadearam processos de desgaste das mesmas;
  • Atletas, que devido à necessidade de máximo desempenho, podem evoluir precocemente processos de desgaste do colágeno que envolve as articulações e se não tratarem isso provocará o desgaste de osso com osso.

Quais são os tipos de anti-inflamatórios?

Para facilitar o entendimento, basicamente temos 2 tipos de anti-inflamatórios:

Químicos:

Provenientes de sais farmacêuticos químicos, ou seja, trata-se de uma substância cujo princípio ativo foi isolado que possui efeito farmacológico. Este grupo se subdivide em Anti-Inflamatórios Esteroidais e Não-Esteroidais.

Naturais:

Provenientes de fitoterápicos ou de suplementos alimentares. Não foram isolados seus princípios ativos, mas há pesquisas científicas que comprovavam seu efeito farmacológico.

Pesquisas mostram o efeito nefasto que os anti-inflamatórios químicos podem fazer em nossa saúde, se consumido de forma prolongada. Os corticoides podem causar aumento de infecções e diminuição da imunidade, além de causar transtornos de humor, distúrbios comportamentais, retenção hídrica (inchaço) e alterações na pressão arterial. Os anti-inflamatórios não-esteroidais podem trazer problemas gastro digestivos, úlcera péptica, lesão renal ou falência hepática.

Já a maior parte dos anti-inflamatórios naturais tem baixo potencial de efeitos colaterais e podem contribuir para diminuição da inflamação e dor de forma gradual, sem prejudicar outros órgãos de seu corpo.

dores nas articulações

Portanto considere o uso de anti-inflamatórios naturais. É claro que em crises severas seu médico vai lançar a mão dos anti-inflamatórios químicos esteroidais ou não-esteroidais. Mas para controle dos níveis da inflamação e impedir que a dor volte, os anti-inflamatórios naturais são uma bela alternativa, limpa (sem efeitos colaterais) e eficaz.

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por cosméticos e tudo relacionado à beleza, saúde e atividade física foco da minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês.

Vivian Costa
Vivian Costa
Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por cosméticos e tudo relacionado à beleza, saúde e atividade física foco da minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês.