Remédios naturais: o que precisamos saber sobre eles?

Nos últimos anos, o desenvolvimento da indústria farmacêutica foi impressionante: a cada ano, chegam ao mercado mais lançamentos de remédios e componentes que prometem resolver populares doenças e quadros médicos. 

Apesar disso, também é notável que o uso de remédios naturais têm ganhado força, principalmente entre aqueles que querem tratar de suas condições sem o uso de ativos químicos pesados e artificiais, substâncias que não existem na natureza e que por sua vez nosso corpo não as reconhece.

Ao contrário do que muitos podem pensar, utilizar princípios ativos naturais não é sinônimo de um tratamento ineficiente. A seguir, tiramos todas as suas dúvidas quanto ao uso de remédios naturais, assim como as origens dessa prática.

Quais as características dos remédios naturais?

Esse tipo de remédio se caracteriza pela extração de substâncias presentes na natureza, ou seja, aquelas que não foram criadas a partir da química realizada em laboratórios. Os remédios naturais atuam da mesma maneira que os tradicionais, prevenindo, tratando e, até mesmo, curando doenças diversas.

Assim como qualquer outro medicamento, eles devem ser consumidos com cuidado. Mesmo que seus efeitos colaterais sejam amenos e, na maioria dos casos, inexistentes, todo consumo de remédio deve ser bem pensado, a fim de que os resultados do tratamento sejam satisfatórios. 

Quando começaram a ser usados

Desde os primórdios da humanidade, ervas e folhas sempre foram amplamente utilizadas na busca pela cura de doenças e desconfortos. Desde então, a sabedoria popular tem empregado os artifícios disponíveis na natureza para criar mais qualidade de vida. 

Com o desenvolvimento da tecnologia, as técnicas de extração de princípios ativos foram se desenvolvendo e tornando-se mais sofisticadas, alcançando um nível de precisão e eficiência nunca antes experimentado.

Por exemplo, o que chamamos de Extrato Seco é obtido da secagem das plantas e depois mergulhadas em solventes (químicos ou naturais). Isso permite que as substâncias ativas permaneçam intocadas e em grandes quantidades.

Depois disso o solvente usado para a extração evapora novamente e o resíduo sólido é alimentado para um processo de secagem.

Quando um extrato é padronizado, isso quer dizer que a substância ativa não apresentará variações em seu teor, sendo um ativo com maior valor agregado, já que sua padronização é sempre a mesma.

Explicando com um exemplo: apesar de tanto o pó de açafrão comprada nas prateleiras de tempero de um supermercado e ativo Curcumin C3 Complex serem extraídos da raízes de curcuma longa, eles são bem diferentes pois o Curcumin  é padronizado em 95% de curcuminóides, portanto com maior  potencial de efeitos antioxidantes e antiinflamatórios.

Precauções no uso de remédios naturais

Apesar de remédios naturais serem mais seguros – uma vez que seus princípios ativos são naturais e em menor concentração – muitas pessoas exageram na dose, desrespeitando os limites expresso na posologia.

É importante lembrar que, mesmo que sejam encontrados na natureza, os princípios ativos presentes nesses remédios são componentes químicos poderosos e não devem ser usados sem parcimônia.

A procedência deles também deve ser de confiança. Somente assim, você terá certeza de que os princípios ativos detalhados na embalagem realmente fazem parte da composição. 

Em dúvidas, sempre consulte o profissional de saúde

Em caso de dúvidas, sempre o médico, nutricionista ou farmacêutico devem ser consultados.

São estes profissionais que têm o conhecimento e a experiência para entender quais princípios ativos são os mais efetivos para cada quadro clínico e orientar o paciente de acordo.

Veja também: Kit detox parasitário

Onde encontrar remédios naturais?

Como descrevemos acima, a procedência dos fitoterápicos é muito importante para a eficácia dos tratamentos. Por isso, contar com a experiência de uma farmácia especialista no assunto é essencial, a fim de evitar que você compre produtos falsificados ou ineficientes. 

Farmácia Sempre Viva: uma especialista em remédios naturais

A Farmácia Sempre Viva sempre enxergou o potencial dos ativos encontrados na natureza como um verdadeiro veículo para a promoção de qualidade de vida e bem-estar – e nós não somos os únicos.

Com o respaldo de médicos e profissionais da área da saúde, a Farmácia Sempre Viva é capaz de oferecer todas as mais eficientes soluções em remédios naturais e fitoterápicos desde 2004. 

Os remédios naturais são capazes de promover o tratamento e a cura de maneira tão eficiente quanto os ativos artificiais, mas sem o ônus dos efeitos colaterais rigorosos. Conheça mais sobre os produtos em nosso site.

Vivian Costa
Vivian Costa

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: http://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/

Artigos: 408

Deixe uma resposta