tigela de madeira com cúrcuma

Saiba para que serve a cúrcuma

Você sabe para que serve a cúrcuma? Também conhecida como açafrão-da-índia ou açafrão-da-terra, ela pode trazer diversos benefícios ao corpo.

Atualmente, é um dos principais alimentos indicados pelos profissionais de saúde a ser incorporado por quem busca formas naturais de fortalecer o sistema imunológico.

Para que serve a cúrcuma?

Cada vez mais estudos estão sendo feitos visando compreender todas as funcionalidades da cúrcuma. Ela está associada a diversos benefícios à saúde, entre os quais é preciso destacar a capacidade antioxidante.

Você pode utilizar a cúrcuma na forma de tempero, em infusões ou até mesmo em suplementação para prevenir e combater o estresse oxidativo e inflamações no organismo.

Além disso, estudos sugerem que a cúrcuma também serve para potencializar a recuperação muscular em atletas, mitigando possíveis danos.

Como usar cúrcuma no dia a dia?

Há três formas mais fáceis e comuns de usar a cúrcuma no dia a dia. São elas:

Como tempero

Pode-se utilizar a cúrcuma em pó ou a raiz (muito se assemelha à do gengibre), que possui sabor bem mais acentuado e maior concentração de seus nutrientes.

É recomendável começar a consumir em pequena quantidade para não ofuscar o sabor de outros ingredientes.

Infusão ou chá

Para fazer uma infusão com cúrcuma, basta adicionar 1 colher de chá do pó do açafrão da terra em 150 ml de água fervente e abafar por cerca de 15 minutos. Também é possível utilizar a raiz do açafrão da terra, nessa opção você deve aumentar a superfície de contato da raiz com a água fervente, então rale em torno de uma colher de sopa da raiz da curcuma e em seguida abafe a mistura e deixe descansar por 10 ou 15 minutos.

Tanto na opção do pó, como utilizando a raiz in natura – espere amornar e beba até 3 xícaras por dia, sempre nos intervalos das refeições.

Suplementação

Uma opção muito interessante é consumir cúrcuma na forma de suplemento, como é o caso da Cúrcuma Longa, fitoterápico desenvolvido pela Farmácia Sempre Viva com ação anti-inflamatória para o tratamento de artrite, artrose e reumatismo.

A diferença fundamental da Cúrcuma Longa das cápsulas da Sempre Viva, para o pó ou a raiz do açafrão da terra está na padronização dos curcuminóides. O extrato utilizado pela Sempre Viva contém no mínimo 95% de Curcuminóides, enquanto que no pó ou raiz essa quantidade é bem menor, nem sendo mensurada.

Essa diferença na padronização se reflete no preço também – suplementos de Curcuma Longa com preços baratos pode ser um indicativo que o fabricante ou farmácia não esteja utilizando Curcuma padronizada.

São os curcuminóides que apresentam a atividade terapêutica que queremos da Curcuma Longa.  Já que vários estudos sugerem que os curcuminóides têm extensa atividade biológica como antioxidante, neuroprotetor, antitumoral, anti-inflamatório, anti acidogênico, radioprotetor e um excelente tratamento natural para artrites reumatóides.

Quais os benefícios da cúrcuma?

Os principais benefícios da cúrcuma envolvem ações:

  • anticancerígenas, ajudando a bloquear o crescimento descontrolado de células cancerígenas;
  • antidepressivas;
  • anti-inflamatórias;
  • antioxidantes;
  • na recuperação muscular pós-treino;
  • cardioprotetoras;
  • hepatoprotetoras;
  • como forma de auxiliar as alterações nos neurotransmissores em casos de ansiedade e depressão;
  • neuroprotetoras, promovendo o combate ao estresse oxidativo presente no cérebro assim como à produção excessiva de radicais livres; 
  • de regulação da pressão arterial.

Existem contraindicações no uso da cúrcuma?

É preciso ter atenção à utilização de cúrcuma na alimentação de crianças, gestantes e lactantes. Nesses casos, o recomendável é utilizar pitadas do tempero na preparação de alimentos. Para suplementação, consulte seu médico nestes casos.

Além disso, quem sofre com cálculos biliares pode ser afetado pelo consumo de cúrcuma, principalmente pelo risco de obstrução nos dutos. Para mitigar as chances de alguma complicação, pessoas com problemas na vesícula biliar devem evitar o consumo.

As contraindicações também se estendem às pessoas que usam determinados medicamentos. Por exemplo, por conter substâncias que promovem efeito anticoagulante, o uso de cúrcuma não deve ser associado ao uso de anticoagulantes, já que pode desencadear um quadro de sangramento.

No mais, pessoas que tomam algum tipo de imunossupressores ou medicamentos mais específicos, como cotrimoxazol ou irinotecano, devem conversar com o médico antes de utilizar a cúrcuma.

Para que serve a cúrcuma: conheça o suplemento natural da Farmácia Sempre Viva

A Farmácia Sempre Viva pode lhe dar todas as informações sobre para que serve a cúrcuma, e mais: nossa equipe desenvolveu um suplemento totalmente natural, a Cúrcuma Longa, padronizada com no mínimo 95% de curcuminóides, para o combate a inflamações como artrite, artrose e reumatismo.

Navegue aqui pelo site para obter mais informações acerca do nosso suplemento Cúrcuma Longa e confira nosso amplo catálogo de suplementos naturais.

Imagem padrão
Vivian Costa

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: https://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/

Artigos: 308

Deixe uma resposta