O que é barreira intestinal vazada / permeabilidade intestinal? Como o Corebiome pode recuperar a saúde intestinal

Hoje vamos falar sobre barreira intestinal vazada ou hipermeabilidade intestinal, sua importância, causas deste vazamento e o como o Corebiome pode ajudar a melhorar a saúde intestinal.

Para que serve a barreira intestinal?
Quais as causas do rompimento da barreira intestinal?
Como podemos tratar nossa barreira intestinal e consertar o muro rompido?
Como o Corebiome pode ajudar nisso?
Baixe Meu Diário Intestinal: é grátis!

Você sabia que nosso corpo, assim como nossas casas possuem paredes, muros, barreiras – que são responsáveis por manter maus elementos fora do nosso organismo. No nosso corpo uma das barreiras mais importantes para proteção de invasores (além da pele) é a barreira intestinal.

Para que serve a barreira intestinal?

Uma barreira intestinal saudável impede a invasão de elementos externos ao nosso organismo e facilita que eles possam ser eliminados, sendo fundamental para a manutenção de nossa saúde.

É através do intestino que o mundo externo tem acesso à parte interna do nosso corpo.

E nossa barreira intestinal protege nosso organismo de alguns “meliantes” – maus elementos como toxinas (substâncias tóxicas); comida mal digerida; micróbios como bactérias, fungos e vírus – todos eles conseguem entrar em nosso corpo de forma mais fácil, porque o “muro” / a barreira intestinal está rompida.

Nossa barreira intestinal é essencial para manter nossa qualidade de vida, o nosso bem-estar e se ela estiver rompida, nós podemos desenvolver várias doenças e perder muita capacidade de imunidade.

Quando algumas substâncias ruins escapam de nossos intestinos e invadem a corrente sanguínea nós damos o nome de hipermeabilidade intestinal, leaky gut ou intestino vazado.

Com este rompimento da barreira intestinal as pessoas começam a sentir alguns sintomas como por ansiedade, irritabilidade, problemas de pele e há até pesquisas que sugerem que o forte aumento no diagnóstico de doenças autoimunes em todo o mundo possa estar relacionado ao rompimento da barreira intestinal.

As doenças autoimunes acontecem quando nosso sistema de defesa fica meio perdido e começa a atacar células de nosso próprio corpo. Exemplos disso: psoríase, Doença de Crohn, retocolite ulcerativa, artrite reumatoide, lúpus dentre outras comorbidades.

Quais as causas do rompimento da barreira intestinal?

A disbiose, ou desequilíbrio bacteriano, é uma das principais causas da síndrome do intestino permeável. Isso significa um desequilíbrio entre bactérias “boas” e prejudiciais em seu trato gastrointestinal.

Qualquer interrupção no equilíbrio da microbiota pode causar disbiose e isso “trinca” as paredes intestinais sendo a principal causa da barreira intestinal vazada.

Quando a disbiose acontece no seu trato gastrointestinal, normalmente é o resultado de:

  • Dieta rica em alimentos processados, industrializados, açúcar e aditivos alimentares;
  • Consumo acidental de produtos químicos, como pesticidas (agrotóxicos);
  • Consumo exacerbado de bebidas alcoólicas;
  • Uso de medicamentos, como antibióticos, que afetam a flora intestinal;
  • Má higiene dental, o que permite que as bactérias cresçam fora de equilíbrio em sua boca;
  • Altos níveis de estresse ou ansiedade, que podem enfraquecer seu sistema imunológico (eixo intestino-cerébro).

Como podemos tratar nossa barreira intestinal e consertar o muro rompido?

Quando o muro da sua casa trinca ou cai, você precisa consertar com cimento e tijolos e é também que deveríamos fazer com a barreira intestinal rompida.

Alimentar mais com comida de verdade, descascar mais e desembalar menos é o primeiro passo para recuperar a barreira intestinal. Lembre-se que talvez foram anos e anos de agressões ao seu intestino, então é preciso paciência e perseverança para deixá-lo novamente saudável.

Nosso intestino também é feito com tijolinhos e ele também contém uma espécie de cimento que é responsável por manter um tijolinho sempre grudado ao outro.

Como o Corebiome pode ajudar nisso?

O Corebiome tem a capacidade de produzir mais “cimento” para os “tijolinhos” da barreira intestinal fiquem mais coladinhos um ao outro.

CoreBiome é composto pela mesma substância que encontramos em intestinos saudáveis – o butirato, 1 não, mas são 3 móleculas de butirato (tri-butirato), melhorando assim a capacidade de ser absorvido na barreira intestinal e recuperar esta região.

Ter níveis adequados de butirato auxilia a resposta do sistema imune, estimula o crescimento de novas células na parede intestinal, com a criação de uma área de superfície maior para a absorção de nutrientes, com controle do nível de pH do intestino.

Corebiome é um super lançamento que promete ser uma revolução na saúde intestinal, foi desenvolvido e é produzido nos Estados Unidos e agora está disponível no Brasil.

Baixe Meu Diário Intestinal: É grátis!

Você está passando por constantes desconfortos intestinais? Deixe seu comentário aqui embaixo para gente conversar um pouquinho.

E baixe gratuitamente Meu Diário Intestinal – um diário exclusivo para ajudá-lo a desenvolver seu plano de ação personalizado para a saúde intestinal, usando as estratégias que funcionam melhor para você!

Referências:

Mu, Q., Kirby, J., Reilly, C. M., & Luo, X. M. (2017). Leaky Gut As a Danger Signal for Autoimmune Diseases. Frontiers in immunology, 8, 598. https://doi.org/10.3389/fimmu.2017.00598

Paray, B. A., Albeshr, M. F., Jan, A. T., & Rather, I. A. (2020). Leaky Gut and Autoimmunity: An Intricate Balance in Individuals Health and the Diseased State. International journal of molecular sciences, 21(24), 9770. https://doi.org/10.3390/ijms21249770

Imagem padrão
Vivian Costa
Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: https://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/
Artigos: 254

Deixe uma resposta