Prata coloidal: você conhece seus benefícios?

A prata coloidal é uma mistura de água pura com pequenas partículas de prata carregadas eletricamente e que não se dissolvem, permanecendo suspensas no meio líquido. 

Apesar das partículas de prata não se dissolverem na água, elas são tão pequenas que não é possível vê-las a olho nu. Nesse sentido, a prata coloidal corresponde a um líquido translúcido, tal como a água, e possui sabor levemente metálico.

A prata coloidal tende a se unir a partículas de outras substâncias presentes na água, de modo que, caso não seja utilizada água purificada, a substância pode se unir a elementos como o sódio e o enxofre, sintetizando sulfeto de prata, que possui cor amarelada e sabor muito amargo. Portanto, opte apenas por soluções translúcidas.

Essa solução tem sido utilizada há muitos anos. Com o avanço científico, foi possível constatar que ela oferece uma série de benefícios para a saúde humana, apresentando ação antibacteriana, antiviral e antifúngica.

Contudo é necessário saber como administrar sua dosagem, a fim de que não haja nenhum risco de intoxicação. Para saber mais sobre os benefícios da prata coloidal, como ministrá-la corretamente, dentre outros assuntos pertinentes, confira o artigo a seguir!

História da prata coloidal

O uso medicinal da prata remonta à Antiguidade, tendo em vista que há registros de que Hipócrates, considerado pai da medicina, utilizava-a para curar ferimentos na pele. 

Além disso, sabe-se que a prata também foi utilizada para purificar o sangue, tratar palpitações cardíacas e até mesmo o mau hálito. Foi constatado também que, antigamente, as famílias que utilizavam utensílios domésticos de prata dificilmente ficavam doentes.

Em 1910, o Dr. Henry Crooks percebeu que determinados metais no estado coloidal são capazes de combater micro-organismos de forma muito eficaz sem prejudicar a saúde do homem. 

Décadas mais tarde, mais precisamente em 1970, pesquisas mais sofisticadas realizadas na Universidade de Washington verificaram que bactérias, vírus e fungos causadores de doenças sobrevivem apenas alguns segundos em contato com a prata coloidal.

Com a descoberta da penicilina, diminuiu-se o interesse da comunidade científica pela prata coloidal, no entanto, após o largo uso dos antibióticos e, consequentemente, a constatação de seus efeitos colaterais e a resistência adquirida por alguns micro-organismos patógenos a esses medicamentos, a prata coloidal voltou a receber maior notoriedade.

Averiguou-se que enquanto um antibiótico elimina meia dúzia de micro-organismos patógenos, a prata coloidal combate em torno de 650 sem que as linhagens desenvolvam resistência à prata, como ocorre com os antibióticos. 

Quais são os benefícios da prata coloidal?

Como mencionado previamente, a prata coloidal apresenta ação antibacteriana, antiviral e antifúngica, podendo ser utilizada para tratar doenças causadas por esses micro-organismos, como, por exemplo, cândida, gripe e cistite. 

A prata coloidal é indicada tanto para uso tópico como administrada via oral e por inalação, com o auxílio de aparelhos específicos. Além disso, ela pode ser utilizada para fortalecer a imunidade, desinfetar objetos e alimentos, bem como tratar a água da piscina e eliminar odores bucais ou em sapatos e meias.

Como funciona a prata coloidal?

Se ministrada adequadamente, a prata coloidal não oferece riscos para a saúde de seres vivos multicelulares, afetando especificamente os organismos unicelulares, uma vez que essa substância capta o oxigênio deles, os quais o metabolizam de uma forma diferente dos organismos multicelulares, tornando-se frágeis em contato com a prata coloidal.

Desse modo, os micro-organismos ficam desprovidos de oxigênio e acabam inativos em até seis minutos.

Quais são os riscos da prata coloidal?

A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA, a qual exerce a mesma função da Anvisa no Brasil, não considera a prata coloidal segura, pois não há muitos estudos que comprovem todos seus benefícios e contraindicações.

Portanto, antes de utilizar a prata coloidal, consulte um profissional da saúde que possa informar se você pode ministrá-la, qual a dose diária e o período de tratamento, principalmente se você for gestante, estiver amamentando ou fizer uso contínuo de outro medicamento, visto que a prata coloidal pode interferir na absorção de outras substâncias.

Em geral, a dose máxima permitida não pode exceder 200 ppm por dia, variando se você irá ingeri-la, aplicá-la sobre a pele ou inalá-la. O período de uso deve ser indicado pelo médico, pois o uso indiscriminado pode eliminar até mesmo os micro-organismos benéficos ao nosso organismo.

Há estudos que apontam que a concentração de prata no organismo pode desencadear argiria, que é um problema de saúde que tem como principal sintoma a coloração azulada da pele. Porém, isso ocorre a partir do consumo de sais de prata, e não de prata coloidal.

Portanto, além de consultar um profissional da saúde antes de utilizar a prata coloidal, adquira esse medicamento apenas em farmácias de confiança.

A Farmácia Sempre Viva oferece medicamentos manipulados e homeopáticos de qualidade desde 2004. Atualmente, atendemos a todo o Brasil, pois nossos produtos estão disponíveis no site para compra e levamos a encomenda até você, independentemente do estado onde você mora. Venha conhecer nossa loja virtual!

Imagem padrão
Vivian Costa
Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por saúde preventiva, antienvelhecimento e beleza, com foco para minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês. Veja um pouco da minha trajetória em: https://blog.farmaciasempreviva.com.br/curriculo/
Artigos: 254

Deixe uma resposta