Probióticos podem ser a chave para resolver a desnutrição, diz o bilionário Bill Gates

A suplementação com probióticos podem ser a chave para acabar com a desnutrição em todo o mundo nas próximas duas décadas, segundo o bilionário Bill Gates. O cofundador da Microsoft, chama atenção aos desequilíbrios nutricionais que afetam cerca de 200 milhões de crianças menores de cinco anos.

Em artigo ao jornal Telegraph do Reino Unido, o ex-CEO da Microsoft aponta para o microbioma como elemento central para resolver o desafio da desnutrição dentro de vinte anos.

Bill Gates

Segundo Gates, “ainda estamos nos estágios relativamente iniciais da pesquisa sobre o microbioma”. “Nos próximos 10 a 20 anos, aprenderemos mais sobre cada espécie microbiana individual e como elas funcionam com os alimentos que você come para impactar a saúde.” “Esse conhecimento nos permitirá projetar inteligentemente intervenções que corrigem o microbioma quando ele está fora de controle.”

Gates é estrela recente da série O Código Bill Gates disponível na Netflix, em que ressalta que a tecnologia pode salvar o mundo com seus bilhões de habitantes.

Bill Gates reforçou esse entendimento na apresentação feita na Universidade de Cambridge e também fala possibilidades futuras e da ideia de personalizar probióticos, ou seja, probióticos de última geração adequados a necessidade de cada pessoa, que garantem a saúde intestinal ideal.

E no quesito personalização formulações, a farmácia magistral tem absoluta vantagem perante outras opções no mercado. Aqui podemos escolher e colocar as cepas probióticas mais adequadas para cada indivíduo, assim como os melhores prebióticos que servirão de alimento para os probióticos se desenvolverem.

Desequilíbrios nutricionais nas crianças

A falta de nutrientes nos primeiros anos de vida é responsável pelo atraso mental e físico de cerca de 155 milhões de crianças em todo o mundo. Isso pode começar a ocorrer desde da concepção, devido a falta de nutrição adequada à futura mamãe.

Essas crianças podem não parecer fisicamente diferentes das outras – algumas podem até estar acima do peso – mas sofrem de problemas irreversíveis de desenvolvimento. Inclusive temos visto um grande aumento de crianças obesas, estarem gordinhas não quer dizer que estão bem nutridas – e isso pode afetar todas as classes sociais.

Além da suplementação probiótica, Bill Gates ressalta a importância de alimentos complementares, que ele chama de “fertilizante para a microbiota” – que são os prebióticos.

O fundador da Microsoft conclui o texto: “E isso ajudará não apenas a prevenir a desnutrição e a obesidade, mas também muitas outras doenças – como asma, alergias e algumas doenças auto-imunes, que podem ser desencadeadas por um microbioma desequilibrado”.

Opções da Farmácia Sempre Viva para melhorar a flora intestinal / microbiota

A família de produtos para melhorar a microbiota intestinal conta com:

  • O tradicional Pool de Probióticos, que conta ainda com o Prebiótico e o aminoácido Glutamina, uma das principais fontes de energia e recuperação das células intestinais. São 7 cepas probióticas, o prebiótico FOS e o aminoácido glutamina – colocadas em cápsulas gastrorresistentes que irão garantir a colonização no seu intestino e não se perderão no processo digestivo.
  • BioIntestil consegue combater as bactérias ruins, que se desenvolvem a partir de uma alimentação pouco nutritiva, com muitos alimentos refinados, açúcar, farinha de trigo e alimentos industrializados. Ao mesmo que combate as bactérias ruins, o BioIntestil consegue prover um ambiente para desenvolvimento das bactérias boas, que ajudam em nosso processo digestivo e absorção de nutrientes. O BioIntestil é composto  pelo óleo essencial extraído do óleo de palmarosa e pela fibra do gengibre. A fibra do gengibre tem a função de carrear o óleo de palmarosa até o intestino e assim regularizar o funcionamento do intestino e combater sintomas como gases inchaço e dores abdominais.
  • MicrobiomeX é uma nova categoria de suplemento para a saúde intestinal, sendo um Flavobiótico, pois contém flavonóides cítricos – especificamente hesperidina e naringina. Pesquisas indicaram que este flavonóides são metabolizados pela microbiota, assim afetando sua biodisponibilidade. Estudos também mostraram que flavanonas cítricas e seus metabólitos são capazes de influenciar a composição e atividade da microbiota e exercer efeitos benéficos na função da barreira intestinal e na inflamação gastrointestinal.

O assunto da microbiota, as bactérias que habitam nosso corpo é fascinante e cada vez mais tem despertado atenção não só de pesquisadores da área, mas também pessoas que pensam um futuro melhor como Bill Gates.

Está claro que toda nossa saúde está ligada ao bom funcionamento do nosso intestino. E você? Tem cuidado bem de seus bichinhos?

Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por cosméticos e tudo relacionado à beleza, saúde e atividade física foco da minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês.

Vivian Costa
Vivian Costa
Olá, sou a Vivian Costa, Farmacêutica, apaixonada por cosméticos e tudo relacionado à beleza, saúde e atividade física foco da minha Farmácia de Manipulação; a Sempre Viva. Estou sempre atenta às novidades, adoro desenvolver novas fórmulas e vou compartilhar um pouco de tudo com vocês.